Pular para conteúdo Pular para menu de navegação
Voltar

Cosméticos Naturais

Você já pensou que sua marca de cosméticos pode ter atributos naturais, orgânicos ou veganos?

Descubra se esses conceitos se aplicam a sua marca e traga ainda mais valor para o seu negócio.

O Brasil ocupa a quarta posição na lista dos maiores consumidores de produtos de higiene e beleza do mundo, atingindo R$ 102 milhões em 2017. Combinada a essa paixão pelo cuidado com a beleza, os brasileiros buscam cada vez mais por um estilo de vida saudável, o que leva o consumidor a ter um maior interesse por cosméticos naturais, orgânicos e veganos.

 Tendência também cresce no Brasil

  • 14% da população brasileira se declara vegetariana (cerca de 30 milhões de brasileiros); 
  • 8% da população se identificou como vegetariana na mesma pesquisa em 2012; 
  • 55% declararam que consumiriam mais produtos veganos se estivessem melhor indicados na embalagem; 
  • 60% se tivessem o mesmo preço que os produtos que estão acostumados a consumir.

Dados do Ibope Inteligência, publicado em maio de 2018

Se você tem dúvidas se seu produto ou sua marca pode adotar alguns destes conceitos, conheça um pouco mais sobre o perfil desses consumidores e a restrição para suas formulações: 

  • Cosméticos naturais

PERFIL DO CONSUMIDOR: acreditam que pequenas ações geram grandes impactos e por isso buscam por cosméticos mais suaves e naturais. Esperam ter um tratamento delicado para peles mais sensíveis e gerar menos impacto para o maio ambiente.

Este consumidor está atento para saber se os ingredientes utilizados são polêmicos ou não.

FORMULAÇÃO DO PRODUTO: além de conter ingredientes naturais, cosméticos naturais não podem conter matérias-primas que estejam na lista de restritos/banidos, tais como como corantes sintéticos, conservantes sintéticos, fragrâncias sintéticas, derivados de propileno ou petróleo, ou substâncias geneticamente modificadas.

  • Cosméticos orgânicos

PERFIL DO CONSUMIDOR: preocupado com a saúde, possui grande interesse em saber a origem dos alimentos e o processo produtivo de cosmético. Normalmente adotado como estilo de vida, a busca por produtos orgânicos vai além da alimentação, incorporando também produtos cosméticos.

Este consumidor está atento aos ingredientes polêmicos e principalmente a sua rastreabilidade.

FORMULAÇÃO DO PRODUTO: esses cosméticos devem conter pelo menos 95% de matérias-primas orgânicas dentre o total de matérias-primas naturais do produto. Além disso, devem ter um impacto mínimo no meio ambiente e não pode utilizar matérias-primas geneticamente modificadas. No entanto, podem utilizar ingredientes de origem animal, desde que tenham sido produzidas dentro de um sistema orgânico. 

  • Cosméticos veganos

PERFIL DO CONSUMIDOR: não consomem produtos de origem animal ou que tenham sido testados em animais em qualquer etapa de sua produção.

Estes consumidores buscam marcas com propósito.

FORMULAÇÃO DO PRODUTO: devem ser livres de ingredientes de origem animal, como leite, carmim, cera de abelha, entre outros. Além disso, tanto o produto cosmético acabado, como os seus componentes não podem ter sido testados em animais a partir 11/03/2013 (data em que os regulamentos de testes de cosméticos da UE para cosméticos entraram em vigor)

Confira na tabela um resumo desses conceitos:

Image

 Conheça também soluções BASF que atendam a estes conceitos:

Matérias-primas naturais e orgânicas, de acordo com a ECO CERT®:

Matérias-primas naturais e orgânicas, de acordo com a Natrue e IBD:

 Matérias-primas veganas, de acordo com SVB (Certificado Vegano) e Veganismo.org.br:

Para mais informações, entre em contato com nossos especialistas por meio de shop@basf.com